Arquivo

Archive for agosto \30\UTC 2011

A difícil Arte de administrar o tempo!

Administrar o tempo não é uma questão de ficar contando os minutos dedicados a cada atividade: É uma questão de saber definir prioridades. Provavelmente (numa sociedade complexa como a nossa), nunca vamos ter tempo para fazer tudo o que precisamos e desejamos fazer. Saber administrar o tempo é ter clareza cristalina sobre o que, para nós, é mais prioritário, dentre as coisas que precisamos e desejamos fazer, mesmo porque, nem sempre o que é urgente é mais importante ou prioritário. Precisamos desejar fazer e tomar providências para que as coisas prioritárias sejam feitas, sabendo que as outras provavelmente nunca vão ser feitas, mas tudo bem, elas não são prioritárias!
Dentre as coisas que vamos listar como prioritárias, algumas estarão na lista porque são importantes, outras porque são urgentes. Mesmo porque se não é importante ou urgente, não estará na lista de ninguém! Porém, na lista de todos haverá coisas que são importantes e urgentes e que deverão ser feitas imediatamente, ou, pelo menos, na primeira oportunidade. O problema surge quando coisas que consideramos importantes, mas não urgentes, e com coisas que são urgentes,mas às quais não damos muita importância.
Exemplo: Se você considera importante ficar mais tempo com sua família, mas por outro lado, você tem que trabalhar tantas horas por dia. Se o seu trabalho é mais importante do que ficar com sua família, o problema está resolvido: Você trabalha, mesmo que isso prejudique a convivência familiar. Mas se o seu trabalho não é mais importante para você do que a convivência familiar, neste caso, provavelmente o trabalho é urgente no sentido de que tem que sr feito, pois doutra forma você será despedido, ou perderá clientes e terá dificuldades para manter a sua família.
A conclusão que chegamos com este artigo é a seguinte: Temos que seguir um quadrinômio que reputo como fundamental para que haja equilíbrio em todos os sentidos e sejamos bem sucedidos: DEUS, FAMÍLIA, IGREJA, TRABALHO! A inversão de qualquer uma das peças do quadrinômio com certeza acarretará problemas para as famílias, e é justamente o que mais temos visto nos dias atuais.
Você administra bem o seu tempo? Ainda dá tempo de aprender a administrar nem o tempo!
Postado por Pr. Silvio Hirota, 30/08/2011

Categorias:Mensagem

O PAPEL DOS PAIS NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS! (2)

No artigo anterior tecemos alguns comentários sobre o assunto e dissemos que voltaríamos a falar sobre ele porque é inesgotável.
Gostaria de compartilhar um aspecto que a maioria dos pais de primeira viagem cometem e que precisam ser orientados. É justamente o fato de criar seus filhos pequenos no colo. Quando são de berço já aprendem a nos chantagiar, e se entrarmos na deles estamos perdidos. Logicamente há o choro provocado por cólicas que são muito comuns nesse período da vida deles. Porém, na maioria dos casos é de” manha”, ou então, vontade de estar no seu berço, onde realmente podem descansar de forma confortável, mesmo porque o colo não é o local mais adequado. Pegar no colo as vezes, para acarinhar, fazer um mimo, deixá-lo sentir o nosso corpo é importante, mas, não devemos deixar que isto se torne um hábito, porque ai perdemos o controle da situação.
Alguns chegam a chorar até perder o fôlego, ficar roxos, vermelhos etc., devemos perceber quando é algo que necessite ser retirado do berço, ou já uma estratégia criada por eles por saberem das nossas “fraquezas”.
Toda criança precisa do seu período de sono no seu berço, pois é justamente o melhor lugar para eles. Pais com medo de que um “golfar” , ou um mal estar possa acometer o pequenino, acabam trazendo-o para a cama, colocando-o, principalmente ao lado da mãe, ou entre o casal ,ocupando o lugar que deveria ser só do casal. A partir dai, perdeu-se toda a liberdade, e ficamos totalmente reféns, dessas pequenas e maravilhosas criaturinhas, mas sabichonas!
Se você quer ter paz, liberdade, fazer as coisas da maneira correta, aprenda a deixar o seu filhinho no berço quando não houver uma necessidade premente! Ele poderá chorar algumas horas, ou alguns dias, por um período, mas depois se acostumará, principalmente se for “manha”.
Não perca a sua liberdade e nem a do casal, denotando ao pequenino o tempo que deveria ser de vocês!
Nota: ( Eu criei um que está rapaz que está com trinta anos e uma moça que está com 24, portanto, sei o que estou falando!)
Postado por Pr.Silvio Hirota, em 30/08/2011

Categorias:Mensagem

O Papel dos pais na educação do filhos!

Estamos vivendo um momento complicado e complexo no que diz respeito ao tema proposto! Estamos vivendo um tempos de desordem familiar tal, que os parâmetros estão totalmente distorcidos e inadequados, fazendo com que pais e filhos cada vez se entendam menos.
É de importância fundamental que haja regras bem definidas no lar, com respeito ao papel de cada um, as responsabilidades, haveres e deveres.
O que temos observado em nossas experiências trabalhando com famílias e casais há pelo menos duas décadas, é que cada dia que passa a autoridade dos pais sobre os filhos vai se exaurindo. Em parte, porque os próprios pais não sabem determinar as regras do lar, fazendo com que sejam cumpridas; por outro lado a rebeldia apresentada pelos meios de comunicação, escola, amizades, mostram parâmetros totalmente distorcidos no diz respeito ao bom relacionamento, pais e filhos.
Pais não sabem transmitir as regras que deverão compor os procedimentos dentro do lar. Os filhos, não obedecem porque, uma vez que não há regras, ou que as mesmas não são cumpridas, não vêem necessidade de mudar, mesmo porque o exemplo que deveria partir de cima, ou dos pais não acontece.
Quando os pais determinam as regras do lar e as cumpre, as probabilidades de criar filhos rebeldes, desobedientes, obstinados será bem pequena. Por exemplo, muitos pais, principalmente mães criam seus filhos na base do “grito”. Esta é uma forma totalmente inadequada de educação de filhos! Quando os mesmos são disciplinados na frente de seus colegas, ou parentes, tendem a ser tornar cada vez mais rebeldes, uma vez que a privacidade que deveria haver no relacionamento foi quebrada. Pais que puxam as orelhas de seus filhos, pensando que estão disciplinando, estão, na realidade criando problemas emocionais e psicológicos aos mesmos. Pais que agridem seus filhos com palavras e objetos, também, não estão usando o meio mais adequado na educação dos filhos.
Uma regra de fundamental importância é que os pais vivam o que pregam, ou seja, tenham palavra e a cumpram! Se prometeu disciplinar o filho, deve fazê-lo, e não deve deixar para depois. Claro, que nunca devemos disciplinar os nossos filhos em momentos de raiva. Porém, é o que mais acontece. E, sendo assim, não disciplinamos de forma coerente, adequada, e normalmente, agredimos.
Uma boa forma de disciplina ou educação é retirar dos filhos algo que lhes seja muito importante. Por exemplo: Uma semana sem Internet; sem Mack por um mês; sem cinema por um período, sem televisão por tantos dias, algo que realmente custe ao filho um preço. Mas, em todos os meios de disciplina e educação, os filhos precisam estar totalmente cientes do porque estão sendo disciplinados.
Cabe aqui uma dica, para os pais que tem filhos pequenos. Quando o pai disciplina a filho(a), imediatamente ele(a) corre para os braços da mãe, que o pega e o acaricia, pensando assim estar fazendo o correto, quando está fazendo o incorreto! A palavra desse pai, dessa mãe para o filho que foi corrigido é a seguinte: “Se o pai (mãe) te disciplinou é porque você mereceu, então nada de carinho ou afago, mas uma atitude totalmente à favor que quem disciplinou, mesmo que, no momento discordemos da forma como ela aconteceu. Isso porque, eles são chantagistas, e procurarão jogar um contra o outro para atingir os seus objetivos.
Isso acontece muito com juniores e adolescentes. Se a minha mãe não deixa, o meu pai deixa e vice-versa. Por isso, esta tremenda balburdia tem tomado conta dos lares no que diz respeito à educação, procedimentos e relacionamento familiar! Voltaremos a falar no assunto em um próximo artigo!
Postado por Pr.Silvio Hirota, em 29/08/2011

Categorias:Mensagem

EFC: JÁ NÃO BASTA A SELVAGERIA E A VIOLÊNCIA GRATUITA DO MUNDO DIARIAMENTE?

“Junior Cigano desfigura rival no UFC 131; veja o estrago causado pelo brasileiro” (UOL).
“Cigano acertou uma sequência dura de socos no fim do primeiro round, enquanto Carwin tentava se defender no chão do octógono. Mesmo assim, o adversário do catarinense resistiu à punição e aguentou até o fim do combate da maneira que pôde.”

Meus amigos, fico inconformado ao ler tais notícias, e, posteriormente ver o rosto do lutador totalmente desfigurado e certamente com muitas sequelas! E, o que mais me intriga, é chamar esta selvageria de esporte, inclusive praticado por diversos “cristãos”!
Fico pensando com os meus botões: Este chamado “esporte”, que é visto inclusive por muitas crianças, não deveria ser proibido? Mesmo porque, ao verem as cenas certamente se tornarão mais agressivos com seus colegas e pais.

O que percebemos é que a sociedade tem perdido todo o senso de civilidade, de consciência de certo e errado, de atividades e procedimentos que venham a somar para com o bem estar das pessoas e não para destruir, como acontece no UFC.
Nós criticamos as touradas e devemos criticar mesmo, porque é uma prática desumana, em todos os sentidos, desde o animal irracional que é ferido e fere, como o “racional”, que fere muito mais e que às vezes é ferido também. Mas o irracional é submetido ao sofrimento porque não tem escolha, mas o “racional” tem e age como irracional!

Nossos olhos tem sido submetidos a todos os tipos de maldades, subversões, violência desenfreada, etc.
Parece-nos que as palavras amor, compaixão, altruísmo, lealdade, fidelidade, edificação, comunhão, felicidade, família, amizade, tem sido ignoradas e trocadas por: violência, destruição, desarmonia, infidelidade, divórcio, individualismo, hedonismo, egocentrismo, etc.

Fico aqui novamente pensando com os meus botões: é fácil de entender porque Deus “se arrependeu” de ter criado o homem. Mesmo porque na sua presciência, sabiaque tudo terminaria nessa selvageria desenfreada que os nossos olhos tem visto, e nos entristecemos a cada dia! Eu fico pensando, como fica o coração do Pai, Criador, ao ver as suas criaturas se destruindo de todas as formas possíveis e imagináveis!

Me sinto impotente, e só o que posso fazer é pedir: Pai tem misericórdia de nós!

Postado por Pr.Silvio Hirota, 27/08/2011

Categorias:Mensagem

O DOMINGO NÃO É MAIS O DIA DO SENHOR!

(Imagens Google)

Os anos vão passando, e a cada dia reconheço que como cristãos estamos perdendo o sentido e a importância do Domingo, como um dia especial, no qual o separávamos totalmente para Deus.

Você pode argumentar que todos os dias são do Senhor e eu concordo plenamente com você! Porém, eu sou de uma geração que especificamente o Domingo era tirado para servir a Deus em todos os sentidos. Não era o dia da melhor refeição, mas sim, muitas vezes, da refeição feita na sábado, ou no domingo, bem cedo, ou seja, antes de ir para a EBD, que iniciava-se as 9.30hs.

As mães levantavam por volta das 6 da manhã para preparar um almoço simples, mesmo porque, a gente comia rapidamente, pois às 14hs tinha culto ao ar livre, que ia até as 16. Terminado o culto ao ar livre, retornávamos para os nossos lares, os que não tinham ensaio do coro as 16, e já ficavam direto no templo. Tomávamos um banho rápido, um lanche,e lá íamos para a Reunião dos Departamentos no templo, emendava com o culto, e saíamos do templo perto de 22hs, satisfeitos, sem reclamar, porque tínhamos prestado culto a Deus.

A pergunta que eu faço é a seguinte? Qual dos dias da semana é hoje considerado “dia do Senhor”? Quanto tempo temos nós tirado para servir a Deus? Será se grande parte dos nossos fracassos não está ligado diretamente à falta de tempo que temos para com Deus? Será se na nossa esquizofrenia temporal há algum espaço para Deus?

Que saudades da minha infância quando o Domingo era mesmo “Dia do Senhor”, e com alegria servíamos a Deus, e tudo era mais simples em todos os sentidos…Tínhamos mais tempo para murmurar e murmurávamos menos…tínhamos mais tempo para lazer e muitas vezes preferíamos investir na obra…o dinheiro era curto, mas supria as nossas necessidades…Saudosista? Sou sim e com muito orgulho!

Tenha Deus misericórdia de nós!

Por Pr. Silvio Hirota,
Em 18/08/2011

POEMA: PAI

(Imagens Google)

DEVEMOS SEMPRE AGRADECER,
O NOSSO DEUS, PAI-ETERNO,
POR NOS TER TRAZIDO AO MUNDO,
DE FORMA TÃO ESPECIAL E TERNA,
E DEU-NOS PESSOAS QUE CUIDASSEM DE NÓS
COMO NO CASO NOSSO PAI TERRENO.

AMIGO DE TODAS AS HORAS,
NAS MAIS DIFÍCEIS DECISÕES,
SEMPRE COM UMA PALAVRA OTIMISTA,
PARA ALEGRAR OS NOSSOS CORAÇÕES!

ASSIM SÃO OS PAIS DE VERDADE,
AQUELES QUE NOS AMAM ENTÃO,
SEM, ESPERAR NADA EM TROCA,
AMAM COM TODO O CORAÇÃO!

SÃO PESSOAS MUITO ESPECIAIS,
QUE DEUS PARA NÓS PREPAROU,
AJUDANDO-NOS A SERMOS ÍNTEGROS,
NO NOSSO MODO DE VIVER,
E PARA ISSO DÃO EXEMPLO,
QUE NO DIA A DIA PODEMOS PERCEBER!

SÃO PESSOAS COMUNS,
HUMANAS COMO TODOS NÓS,
MAS QUE QUANDO MAIS PRECISAMOS
TORNAM-SE COMO SUPER-HERÓIS!

É DIFICIL VÊ-LOS CHORANDO,
PORQUE O FAZEM SEM A GENTE VER,
PARA QUE NÃO NOS PREOCUPEMOS,
COM AS COISAS QUE NÃO PODEMOS RESOLVER!

VIVEM SEMPRE UM PASSO À FRENTE,
DAS NOSSAS PREOCUPAÇÕES,
E QUANDO PENSAMOS EM EXPRESSAR,
JÁ TEM AS SOLUÇÕES!

NEM SEMPRE OS COMPREENDEMOS,
E ATÉ OS ACHAMOS EXAGERADOS,
QUANDO SE PREOCUPAM COM OS DETALHES,
QUE ACHAMOS ATÉ ANTIQUADOS!

MAS ELES SABEM O PORQUÊ,
DE TAL PREOCUPAÇÃO,
PORQUE UM DIA TAMBÉM FORAM COMO NÓS,
E PASSARAM PELA MESMA AFLIÇÃO:

DECIDIR QUAL PROFISSÃO,
COM QUEM DEVERIA NAMORAR,
QUAIS SERIAM OS PRINCIPAIS OBJETIVOS,
COM OS QUAIS DEVERÍAMOS NOS PREOCUPAR!

ELES ESTÃO MUITOS ANOS À FRENTE,
E SABEM O QUE É MELHOR,
PARA OS FILHOS A QUEM AMA,
MESMO QUE MUITAS VEZES, SENDO INCOMPREENDIDOS,
ELES NUNCA DESISTIRÃO,
PORQUE AMAM COM O CORAÇÃO E A ALMA,
E POR ISSO SEMPRE VENCERÃO!

NÃO HÁ NADA QUE OS DESESTIMULE,
COM REFERÊNCIA AOS FILHOS,
LUTA,TRABALHO, ESFORÇO,
TUDO TEM VALIDADE,
QUANDO ESTÁ EM FÓCO,
O MAIOR DE TODOS OS SEUS SONHOS,
VER SEUS FILHOS, FELIZES E REALIZADOS,
PARA ELES ESTA SERÁ SEMPRE A RAZÃO,
DE TODO O ESFORÇO E LUTA,
QUE SEMPRE FARÁ DE CORAÇÃO!

AMEMOS ESTES HOMENS VALOROSOS,
PAIS, AMIGOS SEMPRE PRESENTES,
QUE NÓS OREMOS SEMPRE A DEUS,
PARA QUE OS CONSERVE SIM,
ÍNTEGROS NA VIDA E NA MORTE,
PORQUE DEUS OS QUER ASSIM!

Em homenagem a todos os pais!
Postado por Pr. Silvio Hirota,
Em: 12/08/2011
Categorias:Poesia Tags:, , , ,

O QUE LEVA O HOMEM A SE TORNAR UM SER DEMONÍACO?

(Imagens Google)

Aos 18 anos de idade, ela respirou fundo e se preparou para morrer. Com pouca habilidade para nadar, a norueguesa Emma Martinovic pulou em um lago gelado, certa de que provavelmente afundaria antes de pisar na terra novamente. Mas o risco não foi apenas uma aventura ou uma brincadeira perigosa. A adolescente tentava fugir de Anders Behring Breivik, o homem que matou a tiros os participantes de um acampamento juvenil de verão do Partido Trabalhista norueguês, na ilha de Utoeya, no ultimo 22 de julho.

Dos 69 mortos no ataque, 14 eram amigos próximos de Emma. Seis deles foram baleados na frente da estudante. Ela nadou para escapar da ilha e, embora tenha tido dificuldades para se salvar, ainda ajudou uma amiga e um menino desconhecido a fugir. Emma foi atingida no braço antes de ser resgatada pela tripulação de um barco.

De todas as perdas e dificuldades que enfrentou, nada a impactou mais do que a lembrança do sorriso do terrorista enquanto atirava nas pessoas. Em entrevista ao Opera Mundi, Emma contou como se amparou na família e nos amigos para tomar fôlego entre uma braçada e outra naquele dia. Apesar do terror, ela diz que se sentiu obrigada a continuar viva.

Era muito difícil achar um lugar para nos esconder. Fugir a nado pareceu mesmo a melhor opção. Quando pisei na água, vi um corpo boiando, com o rosto para baixo. Eu o puxei até a terra e vi que era um amigo — havia um buraco na cabeça dele. Mas não tive tempo de reagir emocionalmente. Dei um beijo nele e voltei para o lago. Antes, ainda mandei mensagens de despedida para minha família e meu melhor amigo, Robin. (OPERAMUNDI)

Ficamos, chocados, perplexos, desanimados, e até em alguns momentos de pura razão humana, desejamos a pena de morte para pessoas que cometem delitos, tais como, o Massacre da Noruega. Mas a pergunta desse artigo é fundamental. As pessoas que agem dessa maneira, agem de forma natural? Eu diria que não! De acordo com a Bíblia, o mundo está sob o domínio do maligno, e sendo assim, ele pode dirigir as mentes que não estão ligadas diretamente à Deus!

Da mesma forma que um suicida jamais tiraria a sua vida, estando em seu estado normal de consciência e conhecimento de Deus, e que só agem sob forte atuação maligna, através de drogas, influências nocivas, desespero pela falta de Deus etc., da mesma forma, alguém só pode tirar a vida do seu semelhante debaixo da mesma opressão acima citada.

O homem foi criado por Deus para viver em paz com ELE, com seus semelhantes e consigo mesmo! Porém, o pecado entrou no mundo, e através dele, a morte e todas as consequências oriundas do pecado.

Sendo assim, enquanto o pecado reinar, notícias como as que temos ouvido serão corriqueiras em nosso mundo! Nada mais deverá nos surpreender, mesmo porque, este mundo só experimentará novamente a verdadeira paz, quando Deus instaurar o Milênio na face da Terra. Antes disso, o homem deverá conviver com as desgraças cotidianas!

Mais uma vez, tenha Deus misericórdia de nós!

Postado por Pr. Silvio Hirota,
Em 08/08/2011
Categorias:Mensagem