Arquivo

Archive for março \10\UTC 2013

Cristãos transformados, vida abundante!

sorriso_1Paulo disse: “Não me envergonho do evangelho porque é o poder de Deus para a salvação…”
A ideia é a de que o evangelho é um explosivo, que entra no coração do homem, e ao explodir, põem para fora tudo o que não presta, transformando a pessoa em uma nova criatura, conforme 2 Cor.5.17. A pergunta que não cala: Por que é que nós cristãos, transformados, continuamos a cometer sempre os mesmo erros, continuamente? A resposta que parece simplória não é tanto assim! Paulo em Rom 6 diz, que não devemos permanecer na prática do pecado. Por que é que nós continuamos na prática do pecado? Muitas desculpas responderão a esta questão. Mas será se são verdadeiras? Pessoas transferem os seus pecados para os outros, ou seja, os outros são culpados pelos pecados delas, pelas atitudes, pelos procedimentos… Ouvimos diversas vezes a frase: “Aquele irmão(à) me tira do sério e me faz pecar!!!
A recomendação Bíblica é a de que não devemos olhar para os lados, nem para os homens, mas sim para o céu, de onde nos vem o socorro! Agora, como cristão verdeiro, transformado, que lê a Bíblia e ora, eu devo entender, e aprender que a vida cristã não é solitária, mas sim comunitária. Que, eu como cristão verdadeiro devo facilitar a vida do meu irmão e não ser para ele uma pedra de tropeço!
Se estou vivendo sob a influência desse Evangelho que é Poder de Deus, então alguma coisa precisa ser redefinida dentro de mim, com reflexos externos.
Para os cristão de hoje, é sempre fácil transferir a culpa para outrem. Alguns exemplos:
1-Hoje é domingo vou ao templo para adorar a Deus e não mostrar minhas roupas novas e nem colocar o papo em dia.
2-Estou indo sedento de ouvir o que Deus tem para falar ao meu coração, e quero receber, porque terei pela frente mais uma semana difícil.
3-Quero ter ao meu lado os meus familiares próximos além dos da família de Deus! (Para alguns não importam onde os filhos estão, e nem porque não estão com eles no templo).
4-Não vou para criticar o pregador e nem tampouco o Ministério de Louvor!
5-Se o culto avançar um pouco mais, vou aproveitar para receber mais ao invés de ficar impaciente olhando para o relógio e fazendo caretas….
6-Preciso ser educado e esperar que o culto termine e não sair antes, sem nenhuma necessidade para isso!
7-Preciso estar o tempo todo intercedendo para que Deus fale ao meu coração através de tudo que acontecerá no culto. (O velho chavão de que a parte mais importante do culto é a mensagem não é verdadeiro. Tudo o que acontece, desde o prelúdio é culto e tem o mesmo valor).
Enfim, preciso redefinir meus conceitos sobre vida cristã, recomeçar se for preciso, mas assumir as minhas culpas e fragilidades, e orar para que Deus possa abençoar ricamente a minha vida, de tal maneira que haja mostras de que como cristão, estou fazendo a vida valer a pena!
Postado por Pr. Silvio Hirota, 10/03/2013

Anúncios
Categorias:Mensagem

História do Dia Internacional da Mulher

Imagem-de-mulheres-bonitasNo Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).
Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.
Postado por Pr. Silviio Hirota, 07/03/2013

Categorias:Mensagem