Arquivo

Archive for abril \20\UTC 2014

Poema: Ele vive, venceu a morte!

cruxificaçãoNa cidade de Jerusalém,
Um julgamento estava marcado,
Dois homens estavam em jogo,
e um seria condenado!

Jesus, chamado Cristo,
Barrabás homem condenado,
Um deles iria para cruz,
Pois assim estava ordenado!

Pilatos pergunta então:
Qual deles devo soltar?
Qual deles será condenado,
e o Gólgota terá de enfrentar!

Grande alvoroço se instala,
E a voz da multidão ressoa,
Soltem a Barrabás,
E matem esta outra Pessoa!

Cristo caminha então,
Para o monte caveira onde é acompanhado por uma platéia,
e durante o caminho, muito fraco cai,
E é ajudado por José de Arimateia!

Pregos muito grossos,
Seu corpo ferem trazendo muita dor,
Depois uma lança vara seu lado,
É uma cena de muito horror!

A dor é dilacerante,
Ao ponto de ao céu suplicar,
Elohim, Elohim, Lama sabactani,
Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste!

E finalmente declara,
Diante da multidão,
Pai, nas Tuas mãos entrego meu espirito,
E adormece então!

É sepultado na sexta,
E no domingo bem cedo,
As mulheres ao túmulo vão,
Perfumar o seu corpo,
Mas não o encontrarão!

O túmulo está aberto,
E anjos a declarar,
Ele não está morto,
No céu Ele foi morar!

Páscoa não tem outro sentido,
Senão o que aqui descrevi,
Que Jesus venceu a morte,
Para a vida eterna nos garantir!

Postado por pr.Silvio Hirota, 20/04/2014

Categorias:Mensagem