Arquivo

Archive for dezembro \31\UTC 2012

O que esperar de 2013?

ano-novo-esta-chegando_0322013A situação econômica, social, religiosa em que se encontra o mundo, não nós dá bom sinais ou parâmetros positivos para 2013. Sabemos, que como os demais será um ano muito difícil em todos os sentidos. As circunstâncias adversas, muitas vezes, conspirarão contra nós. Atravessaremos caminhos perigosos, vales, desertos etc. Cada vez mais nos conscientizamos de que viver é realmente uma aventura perigosa no presente século. O cenário parece sombrio, e muitas vezes, não vemos uma luz no fim do túnel. O que fazer nessas horas, correr para onde? Para os abrigos anti-bomba? Anti-depressão, anti- problemas familiares, anti qualquer outra coisa? Sabemos que nenhum deles existem!
Pelo fato de sermos cristãos, não estaremos isentos em 2013 dos problemas gerais, mesmo porque não temos um apólice de seguro que nos garanta alguma coisa enquanto estamos vivos. Parece-nos que o sofrimento faz parte da agenda de Deus para nós, e não conseguiremos fugir dele. E, se olharmos para a história do Cristianismo, sempre houveram problemas. Ao lermos Hebreus capítulo 11, ficamos abismados com a situação vivida por aqueles personagens, e , como eles tiveram de Deus força e coragem para vencer todas as dificuldade, mesmo sofrendo com e por elas!
O próprio Senhor Jesus Cristo, sofreu as maiores barbáries que um ser humano pode sofrer! O sofrimento foi tal que soou gotas de sangue. E, segundo a medicina para soar gotas de sangue é preciso estar passando por uma hemorragia interna! Se ele sofreu tudo isso, é suficientemente capaz de nos ajudar nos nossos sofrimentos.
A nossa dor é a de Deus, os nosso gemidos são os soluços de Deus. Não sofremos porque Deus está distante de nós ou nos castigando. Mesmo quando somos disciplinados, Ele o faz com amor, sua motivação é o amor e nossa santidade.
Toda provação que passamos tem um cunho pedagógico. Todas as vezes que passamos por um vale profundo de sofrimentos, lutas, doenças, tragédias, dores, e, com a graça de Deus conseguimos vencer, saímos mais fortalecidos para a próxima provação.
O nosso sofrimento nunca será maior do que a graça e a consolação de Deus. Nosso vale nunca será tão profundo que Ele não nos poderá alcançar! O bálsamo de Deus sempre será eficaz para curar as nossas feridas em todos os tempos e circunstâncias. A alegria de Deus é temperada com as nossas lágrimas, e a paz de Deus que excede todo o entendimento jorra do trono de Deus ao nosso coração mesmo nas noites mais escuras do nosso sofrer.
O que entendemos é que todo o sofrimento que passarmos no ano de 2013 nos ensinará algo, e segundo as Escrituras, ele é leve e momentâneo comparado com o céu onde iremos um dia morar para sempre e sempre e sempre!
Por isso, em 2013, quando vierem os sofrimentos, não fique deprimido, desanimado, prostrado. Levante a cabeça, olhe para os montes de onde vêm o socorro. Sabendo que o Senhor Jesus, como Senhor da História, estará no controle de tudo, e só permitirá que você passe o que você possa suportar. Quando você estiver sem suporte, Ele te dará uma saída! Nos momentos alegres, de realizações, dê glórias a Deus! Quando tudo estiver bem, dê glórias a Deus! Quando tudo estiver mal, com todas as suas dificuldades e fraquezas, dê glórias a Deus! Porque, na jornada da vida, por mais estreito que seja o caminho, Ele o segura pela sua mão, O guia com Seu conselho eterno e depois, n o final da jornada o receberá na glória!
Postado por Pr. Silvio Hirota, 31/12/2012

Anúncios
Categorias:Mensagem

Qual será a nova data para a fim do mundo?

finalFicamos perplexos diante de tanta ignorância com respeito a este assunto. Independentemente da crença que a pessoa professe, ouvimos absurdos, aberrações neste final de ano. Em diversas partes do mundo, pessoas gastaram milhões de dólares, pensando estar se protegendo de uma catástrofe universal, de destruição total. Gostaria de dizer que ao longo da história não somente Nostradamus, mas também, Joseph Smith, Ellen White, e dezenas de outros profetizaram adventos semelhantes… eles morreram, as predições não se cumpriram, mesmo porque estou escrevendo este artigo! Milhões de pessoas foram enganadas, sem contar o suicídio em massa da Guiana, quando Jim Jones, em 1978, levou pelo menos 383 pessoas ao suicídio coletivo. Ficamos abismados porque não são pessoas ignorantes do ponto de vista cultural , e nem tampouco, pessoas desprovidas de recursos, mesmo porque, para se fugir de todas estas catástrofes, muito dinheiro é necessário!
Como cristão que sou, preciso colocar aqui alguns pensamentos alusivos ao tema proposto: Em primeiro lugar, para a pessoa que morre, este mundo terreno terminou (vida pós-morte), é um tema que iremos abordar em outro artigo. Em segundo lugar, o próprio ser humano, se auto-destrói quando, com seus produtos químicos abre buracos na camada de ozônio, desmata, polui os mares, inunda cidades para a criação de hidrelétricas, matando a fauna, e flora e desabrigando pessoas. Em terceiro lugar, o processo evolutivo é algo inevitável, muito embora questionado, não podemos ignorá-lo. Muito embora haja uma adaptação ao mundo no qual estamos inseridos, e o ser humano acaba se adaptando ao processo, as sequelas são inevitáveis,assim como, a grande quantidade de vírus, bactérias etc., que sofrem metamorfose e se tornam cada vez mais difíceis de serem combatidas com medicamentos, levando milhares à morte, o que não deixa de ser o fim para eles!
Resta então a pergunta proposta: Haverá realmente o fim do mundo? Segundo cientistas, pode ocorrer a qualquer momento. Se um meteorito de grandes proporções chocar-se com a Terra, ou, o calor do sol tornar-se tão intenso, a ponto de queimar tudo o que existe no planeta Terra, além, de maremotos, terremotos, ciclones de grandes proporções, tufões etc. Isto os cientistas vem falando à muito tempo, e não precisa de profecia alguma para tais afirmativas. Agora, como cristão quero lhe dizer uma coisa: Se este mundo desaparecerá um dia,daqui a alguns anos, ou “bilhões de anos” como dizem os cientistas, não me importa. O que realmente importa é a certeza de que, enquanto vivi nesse mundo, fiz o que devia como ser humano, criado à imagem semelhança de Deus! Que, a morte ou o fim do mundo é apenas,um aspecto para aqueles que acreditam em Deus, de coração, e sabem que Ele cuidará de todo o processo, independentemente do que dizem os pseudo-profetas. E, finalmente, ter a certeza de que um dia poderei encontrar-me com Ele, na eternidade( para aqueles que creem como eu), de que há vida após a morte!

Isto posto, porque preocupar-me com o fim do mundo, se para mim ele significará o início de todas as coisas!
Postado por Pr.Silvio Hirota, 26/12/2012

Categorias:Mensagem

Qual é o verdadeiro sentido do Natal?

021591852Esta pergunta venho fazendo para mim mesmo nos últimos dez anos ou mais! A cada ano que passa, parece-me que o verdadeiro sentido vai se perdendo, dentro de uma sociedade vazia, consumista, egoísta, edonista, individualista etc. Com muita pompa, com laudos jantares, comilança e “bebilança” desenfreadas; brigas, discussões de trânsito, familiares, mortes…Um verdadeiro contra-censo, ao Natal anunciado pelos anjos: “Paz na Terra aos homens a quem Deus quer bem”. Isto é bem diferente do slogan divulgado: “Paz na Terra aos homens de boa vontade”! Que boa vontade? Existe boa vontade no ser humano? Creio que é mais utopia do que qualquer outra coisa! Jesus nasce humilde em uma estalagem porque na cidade não havia uma hospedaria onde ele pudesse nascer! Nasce pobre, humilde, despojado de toda a glória e pompa humanas! Do ponto de vista humano, que expectativa havia para um infante nestas condições? Seria um marginalizado possivelmente! Mas do ponto de vista de Deus, nasce glorioso! A natureza através da Estrela de Belém, vem mostrar ao mundo, que o infante que nasce, tem todo o poder sobre todas as coisas! Poderia ter nascido em um palácio, mas não seria Jesus o Salvador!

Da mesma forma que a natureza se manifesta no seu nascimento, ela fica triste na sua morte! A natureza entristeceu-se, quando o Filho de Deus morreu na cruz! Porém, todo o propósito para o qual Ele veio ao mundo se cumpriu! Pregou a sua mensagem à todas as classes sociais! Salvou, curou, libertou, amou…foi incompreendido, mas nunca deixou de amar, e sempre desejou nascer no coração de todos os homens!

Agora já posso responder sobre o verdadeiro sentido do Natal! Não comilança e nem “bebilança”, nem discórdias, nem assassinatos, nem homicídios, nem desamor, nem avareza, etc. Natal é Jesus nascendo no coração de cada homem. Tendo a oportunidade de mostrar a todos o Seu verdadeiro amor! Natal é paz na Terra aos homens a quem Deus quer bem! Ele quer bem a todos, indistintamente! Ele quer ser o Salvador do mundo! O Rei dos Reis e Senhor dos Senhores! Quer trazer a paz , a verdade, a luz a um mundo que jaz em trevas, sem rumo, sem perspectiva, sem sentido!

Neste Natal que se aproxima, pense nisso! Jesus já nasceu em seu coração? Ele trouxe a paz para dentro de você? Para a sua família? Ele mudou o seu sentido de vida? Se Ele fez isto, então é Natal! Senão, será mais uma mera festa comercial, hipócrita, descompromissada, e o chamado “ano novo”, continuará sendo ano velho em sua vida!

Postado por Pr. Silvio Hirota, em 19/12/2012

Categorias:Mensagem