Arquivo

Posts Tagged ‘pensamento’

ERAM OS DEUSES ASTRONAUTAS?

“Eram os deuses astronautas”, de Erik Von Daniken, lançado em 1968, não se trata de um livro de histórias, mas sim de um conjunto de perguntas sobre diversos fatos que a nossa ciência simplesmente não tem, ou evita buscar respostas, devido ao embaraço que tais especulações podem causar.

A principio o livro nos propõem uma simples teoria que relata como seria, se uma civilização altamente desenvolvida cultural e tecnologicamente entrasse em contato com uma civilização primitiva; não seria difícil imaginar que os primitivos acostumados a adorar o sol e lua logo tratariam de adorar os visitantes como deuses e mesmo que tentassem algum tipo de resistência logo seriam dominados pelo poder bélico desta civilização avançada, fato este que ocorreu na América com a chegado dos espanhóis e portugueses.

Até este contexto não existem fatos que a ciência não explique o que se torna estranho é quando o livro nos traz questões como civilizações altamente desenvolvidas como a egípcia e suas obras arquitetônicas cuja engenharia, até hoje, mesmo com nossa tecnologia, não conseguiríamos reproduzir.

Ou ainda antigos calendários feitos com altíssima precisão, por civilizações que simplesmente desapareceram sem deixar pistas.

Mas o que o livro traz à tona são fatos que são deixados de lado como os cálculos estatísticos que provam ser inevitável a existência de vidas em outros planetas, mesmo assim se trata este fato com ceticismo; não se trata de declarar que existe vida inteligente em outros mundos, mas sim de se observar esta possibilidade com olhos científicos.

Isto nos leva ao titulo do livro “Eram os deuses astronautas?”. Isto porque muitas obras arquitetônicas não têm explicação técnica de como foram feitas e outras ainda nem para que serviam.

Fato é, ainda que aparentemente, algumas civilizações simplesmente aparecem com um alto poder tecnológico de uma hora para outra, sem pré-história nem uma, aparentando como se os deuses tivessem descido do céu e lhes dado estes conhecimentos.

Para o nosso grau de desenvolvimento intelectual qual afirmação é mais aceitável deuses que trazem o conhecimento ou astronautas que nos visitam e promovem este desenvolvimento ? Posteriormente, vieram muitos outros escritos para afirmar que a terra já foi visitada por seres alienígenas…

Como cristão e crente na Bíblia, quero afirmar que  Deus criou o homem, e colocou-o para governar o Jardim do Éden. Paulo escreveu na Carta ao Colossenses, cap 1.16,17 o seguinte: “Pois nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra…” “Ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele”.

Partindo desse pressuposto Bíblico, quero afirmar que as fábulas escritas, no sentido de que “deuses”, ou “seres extraterrestres” estiveram na Terra, inclusive há quem afirme que eles tiveram realações sexuais com os humanos primitivos, e por isso houve a evolução da raça humana, é simplesmente fantasia e engôdo.

O próprio cientista Charles Darwin, autor da “Teoria da Evolução”, tem um grande problema não resolvido, ou seja, ele não consegue explicar o momento exato em que os primatas, perderam seus “rabos”, e começaram a andar de forma ereta como os humanos. E, tampouco, explicar porque alguns primatas não evoluíram.

Como cristão e fundamentalista que sou, posso afirmar, à luz da Bíblia, que eu creio ser  a Palavra de Deus,  que só há vida humana na Terra. Aliás, tem se procurado vida, e vestígios de vida humana em outros planetas, e até agora não encontraram absolutamente nada. Todos os relatos de ovnis avistados são questionáveis, como também, de humanos que supostamente foram abduzidos.

Concluo este artigo afirmando categóricamente, que Deus criou todas as coisas, e criou o planeta Terra, e nele colocou os homens para habitar e governar. Portanto, não existe vida humana em qualquer outro planeta criado por Deus.

Postado por Pr.Silvio Hirota

Em 28/03/2011

Anúncios

ATLETAS DE QUAL CRISTO?

(Imagens Google)

A Bíblia nos traz uma recomendação na Carta de Paulo aos Efésios capítulo 4, versículo 29: “Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês…” e Efésios 5.4, “Não haja obscenidades, nem conversas tolas, nem gracejos imorais…”.

A palavra “torpe” tem o sentido original de “podre”. “decadente”, usada para indicar peixe, carne ou vida vegetal quando estão estragados, ou seja, figuradamente significa “mau”, “corrupto”, “imoral, etc.

Tenho visto, como esportista que sou, e que gosta de assistir a uma partida de futebol, principalmente pela tv, que os chamados “Atletas de Cristo”, em geral, tem tido uma postura totalmente contrária aquilo que está escrito nos textos bíblicos. Temos observado, mesmo sem sermos leitores de lábios, que a maior parte dos assim chamados atletas, tem usado os piores palavrões no calor das discussões em campo, sem contar os gestos obscenos…

Posteriormente a desculpa vem: “estava com a cabeça quente”… Por que não perguntar: quantos milhões de brasileiros ficam com a cabeça quente, ao enfrentarem o trânsito de São Paulo e outras capitais; metros e ônibus apinhados ao receberem o “indecente” salário mínimo; ou, ao serem mal-tratados por chefes e patrões etc. Perguntaria, vamos todos sair por ai dizendo palavrões porque estamos com a “cabeça quente”?!!!

A Bíblia diz que você conhece uma árvore pelos seus frutos, não pelo frutos temporões, mas contínuos! Não adianta quebrar as regras e pedir desculpas posteriores, e assim, agir sucessivamente! O apóstolo Paulo escrevendo em Rom 6, nos diz que, como cristãos não devemos permanecer na prática do pecado, nós que fomos transformados pelo poder de Deus!

Então fica aqui a pergunta: Eles são atletas de qual Cristo? Posso te garantir que do meu não é!

Postado por pr.Silvio Hirota
Em 29/09/2010

TUDO TEM O SEU TEMPO DEBAIXO DO SOL!

(Google Imagens)

O Sábio Salomão escreveu Há alguns milênios,

Tudo tem seu tempo certo…

E sabe que ele tinha razão?

Porque os anos se passaram

E a história continua a mesma então!

Às vezes sou pego pensando,

Podemos a história mudar.

Sabendo que ela é cíclica

E assim irá continuar?

Então chego à seguinte conclusão:

Como homem não mudarei nada

E nada será mudado então!

Porque quem governa o mundo sabe,

que o mundo não tem solução!

Não porque Ele não queira,

Mas sim porque homem é só razão!

Nunca dá oportunidade,

Do Supremo entrar em ação!

E assim vão passando os anos,

Meses, dias, estações

E eu vou feliz vivendo minha vida

Dentro das minhas limitações

Mas tendo a certeza sempre

De que minha existência não é em vão!

Postado por Silvio Hirota
em 29/06/2010

PENSAMENTOS (2)

“Se um coração é grande, nenhuma ingratidão o fecha, nenhuma indiferença o consome!”

“Se seus sonhos estiverem nas nuvens, não se preocupe, porque eles estão no lugar certo. Agora construa os alicerces.”

“Ser feliz é não querer saber onde é o nosso limite. É conseguir ver o lado bom das coisas: amar, ter esperança e lutar!! Não complique, viva!”

“Se uma pessoa cristã/evangélica, verdadeiramente “convertida a Cristo”, casar-se com uma pessoa cristã/evangélica, verdadeiramente “convertida a Cristo”, certamente será feliz! Agora, se uma pessoa cristã/evangélica, casar-se com outra pessoa cristã/evangélica, escolhida por Deus, então esta pessoa será mais feliz!”

Autor: Pr.Silvio Hirota
Postado em 23/06/2010

“E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ” (Jesus Cristo)

“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará!”  E o que vem a ser verdade?

As palavras citadas acima são de Jesus! E, esta verdade só pode ser entendida e compreendida à luz da Pessoa de Jesus Cristo! Esta expressão “verdade”, parece-nos uma utopia nos dias de hoje!

Segundo o dicionário, “verdade” é a qualidade pela qual as coisas se apresentam como realmente são: veracidade, autenticidade, exatidão, representação fiel, etc.

Vemos grassar a inverdade, a falsidade, a maledicência, os falsos idealismos! Ficamos nos perguntando, se a palavra palavra “verdade” ainda tem algum sentido para a maioria das pessoas? Vivemos em um país onde “o importante é levar vantagem”, independentemente dos meios pelos quais a vantagem pretendida foi alcançada.

Observamos no campo social, nas empresas, nas Instituições Religiosas etc. Jesus disse, que era preciso conhecer a verdade!

O que significa conhecer? Vamos novamente ao dicionário, onde encontramos os seguintes significados: saber, estar convicto de, reconhecer, ter relações com, etc. Pelo fato de não se “conhecer” não “ter convicção”, ou simplesmente ignorar o significado da verdade, é que a sociedade está chafurdada num lamançal sem fim!

Instituiçõe falidas, pessoas desacreditadas, desonestidade grassando em todos os meios e por todos os meios! Ficamos as vezes a pensar: “Tenho vergonha de ser brasileiro!” Mas, ao olharmos no sentido vertical e não mais horizontal, percebemos que ainda vale a pena ser verdadeiro, falar e viver a verdade. Isto porque, se quem nos disse foi Jesus, e Ele realmente foi um vencedor, então, sejamos livres, ao conhecermos a Verdade que é Jesus, e esta verdade nos levará em triunfo!

Postado por Pr.Silvio Hirota,
em 07/06/2010.

“VAMOS ESCREVER UMA NOVA HISTÓRIA”

 “SE QUEREMOS PROGREDIR, NÃO DEVEMOS REPETIR A HISTÓRIA, MAS FAZER UMA NOVA!” (Ghandi)

Este pensamento escrito por Ghandi, tornou-se célebre quando foi escrito e se reflete até os nossos dias.  A sociedade do tempo em que foi escrita, foi impactada com essas palavras e até para nós hoje, ainda tem o seu efeito! Nós brasileiros reclamamos continuamente  dos nossos governantes, porém, nos esquecemos que fomos nós que os colocamos lá!

Cabe a nós, nessas próximas eleições escolhermos melhor os nossos candidatos! É preciso que façamos uma pesquisa, no sentido de observarmos o caráter, a idoneidade, personalidade e também seus reais projetos em prol da população; que não sejam projetos “populistas” ou apenas “eleitoreiros”, como temos visto constantemente!

É preciso votarmos com consciência, independente de Legenda ou de Partido. É necessário pararmos uma pouco para refletir sobre o que queremos para o futuro da nossa Nação! Não podemos continuar na mesmice da mediocridade!

Não podemos generalizar e dizer que ninguém merece nosso voto; podemos sim, escolher dentre os candidatos que se apresentarem os que possuírem um passado comprometido com a verdade e a ética.

Não vamos repetir a história; com nosso voto poderemos escrever uma nova história!

Postado em 14/05/2010,
por Sílvio Hirota