Arquivo

Posts Tagged ‘consciência’

Pastoras lésbicas querem fazer ‘evangelização’ na Parada Gay de SP

(Google Imagens)

Lanna Holder e Rosania Rocha dizem que movimento perdeu o propósito. Organização diz que evento continua reivindicando direitos humanos.

Três semanas depois de inaugurar uma igreja inclusiva e voltada para acolher homossexuais no Centro de São Paulo, o casal de pastoras Lanna Holder e Rosania Rocha pretende participar da Parada Gay de São Paulo, em 26 de junho, para “evangelizar” os participantes. Estudantes de assuntos ligados à teologia e a questões sexuais, as mulheres encaram a Parada Gay como um movimento que deixou de lado o propósito de sua origem: o de lutar pelos direitos dos homossexuais.

“A história da Parada Gay é muito bonita, mas perdeu seu motivo original”, diz Lanna Holder. Para a pastora, há no movimento promiscuidade e uso excessivo de drogas. “A maior concepção dos homossexuais que estão fora da igreja é que, se Deus não me aceita, já estou no inferno e vou acabar com minha vida. Então ele cheira, se prostitui, se droga porque já se sente perdido. A gente quer mostrar o contrário, que eles têm algo maravilhoso para fazer da vida deles. Ser gay não é ser promíscuo.”

As duas pastoras vão se juntar a fiéis da igreja e a integrantes de outras instituições religiosas para conversar com os participantes da parada e falar sobre a união da religião e da homossexualidade. Mas Lanna diz que a evangelização só deve ocorrer no início do evento. “Durante a parada e no final, por causa das bebidas e drogas, as pessoas não têm condição de serem evangelizadas, então temos o intuito de evangelizar no início para que essas pessoas sejam alcançadas”, diz.

Negação e aceitação da sexualidade.
As duas mulheres, juntas há quase 9 anos, chegaram a participar de sessões de descarrego e de regressão por causa das inclinações sexuais de ambas. “Tudo que a igreja evangélica poderia fazer para mudar a minha orientação sexual foi feito”, afirma Lanna. “E nós tentamos mudar de verdade, mergulhamos na ideia”, diz Rosania. As duas eram casadas na época em que se envolveram pela primeira vez.

“Sempre que se fala em homossexualidade na religião, fala-se de inferno. Ou seja, você tem duas opções: ou deixa de ser gay ou deixa de ser gay, porque senão você vai para o inferno. E ninguém quer ir para lá”, diz Lanna.

A pastora afirma que assumir a homossexualidade foi uma descoberta gradual. “Conforme fomos passando por essas curas das quais não víamos resultado, das quais esperávamos e ansiávamos por um resultado, percebemos que isso não é opção, é definitivamente uma orientação. Está intrínseco em nós, faz parte da nossa natureza.”

Igreja Cidade de Refúgio
Segundo as duas mulheres, após a aceitação, surgiu a ideia de fundar uma igreja inclusiva, que aceita as pessoas com histórias semelhantes à delas. “Nosso objetivo é o de acolher aqueles que durante tanto tempo sofreram preconceito, foram excluídos e colocados à margem da sociedade, sejam homossexuais, transsexuais, simpatizantes”, diz Lanna.

Assim, a Comunidade Cidade de Refúgio foi inaugurada no dia 3 de junho na Avenida São João, no Centro de São Paulo. Segundo as pastoras, em menos de 2 semanas o número aumentou de 20 fiéis para quase 50. Mas o casal ressalta que o local não é exclusivo para homossexuais. “Nós recebemos fiéis heterossexuais também, inclusive famílias”, diz Rosania.

Apesar do aumento de fiéis, as duas não deixaram de destacar as retaliações que têm recebido de outras igrejas através de e-mails, telefonemas e programas de rádio e televisão. “A gente não se espanta, pois desde quando eu e a pastora Rosania tivemos o nosso envolvimento inicial, em vez dessa estrutura. chamada igreja. nos ajudar, foi onde fomos mais apontadas e julgadas. Mas não estamos preocupadas, não. Viemos preparadas para isso”, afirma Lanna. (Extraido de G1.globo.com/noticias)

Meus irmãos e amigos, estamos realmente vivendo os últimos dias na face da Terra. Cada dia me conscientizo de que Jesus está voltando, mesmo porque está impossível viver nessa Terra “contaminada”!

Tenha Deus misericórdia daqueles que foram criados à Sua Imagem e Semelhança!

Postado por Pr.Silvio Hirota
Em 16/06/2011
 
Anúncios

BEBÊ MEDICAMENTO: A POLÊMICA!

Ocorreu com êxito na França, através de inseminação artificial, a fecundação do chamado “bebê medicamento”, ou seja, os médicos através de processo, conseguiram fazer com que o “embrião” antes de ser introduzido no útero materno, pudesse ser modificado para que a criança não nasça com a doença que acometeu seu irmão já nascido, chamada de Talassemia.

Caracteriza-se a talassemia, ou anemia do Mediterrâneo, quando o organismo produz uma ou mais cadeias de globina (proteína) de maneira inadequada, o que faz com que também a produção de hemoglobina fique alterada. A Organização Mundial de Saúde estima o nascimento anual de 150000 crianças com a forma mais grave de talassemia, em especial na Europa, norte da África e Ásia Menor. Já a Associação Brasileira de Talassemia (Abrasta), ONG de São Paulo, calcula que 3 milhões de pessoas sejam portadoras do gene da doença no Brasil e 600 tenham a forma mais grave.

A moléstia manifesta-se em homens e mulheres. Os mais atingidos são italianos, gregos, africanos, asiáticos e descendentes. O sangue é composto por uma parte líquida chamada plasma e por células:  glóbulos vermelhos, em cuja composição entra a hemoglobina, substância fundamental pois leva oxigênio para todo o corpo; os glóbulos brancos, se encarregam da defesa contra infecções; e as plaquetas, são responsáveis pela coagulação.

Após o nascimento, essa criança servirá para curar seu irmão através do processo de transplante. A pergunta que  fazemos é a seguinte: é correto tal procedimento? Até onde a medicina pode intervir através da inseminação artificial? O que Deus pensa disso tudo? Mas, se poderá salvar a vida de seu irmão, então, o “bebe medicamento”, não seria uma benção?

Não irei aqui emitir um parecer pessoal, mas simplesmente deixar que você reflita sobre este fato!

Por Pr. Silvio Hirota
Em 08/02/2011

 

ATLETAS DE QUAL CRISTO?

(Imagens Google)

A Bíblia nos traz uma recomendação na Carta de Paulo aos Efésios capítulo 4, versículo 29: “Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês…” e Efésios 5.4, “Não haja obscenidades, nem conversas tolas, nem gracejos imorais…”.

A palavra “torpe” tem o sentido original de “podre”. “decadente”, usada para indicar peixe, carne ou vida vegetal quando estão estragados, ou seja, figuradamente significa “mau”, “corrupto”, “imoral, etc.

Tenho visto, como esportista que sou, e que gosta de assistir a uma partida de futebol, principalmente pela tv, que os chamados “Atletas de Cristo”, em geral, tem tido uma postura totalmente contrária aquilo que está escrito nos textos bíblicos. Temos observado, mesmo sem sermos leitores de lábios, que a maior parte dos assim chamados atletas, tem usado os piores palavrões no calor das discussões em campo, sem contar os gestos obscenos…

Posteriormente a desculpa vem: “estava com a cabeça quente”… Por que não perguntar: quantos milhões de brasileiros ficam com a cabeça quente, ao enfrentarem o trânsito de São Paulo e outras capitais; metros e ônibus apinhados ao receberem o “indecente” salário mínimo; ou, ao serem mal-tratados por chefes e patrões etc. Perguntaria, vamos todos sair por ai dizendo palavrões porque estamos com a “cabeça quente”?!!!

A Bíblia diz que você conhece uma árvore pelos seus frutos, não pelo frutos temporões, mas contínuos! Não adianta quebrar as regras e pedir desculpas posteriores, e assim, agir sucessivamente! O apóstolo Paulo escrevendo em Rom 6, nos diz que, como cristãos não devemos permanecer na prática do pecado, nós que fomos transformados pelo poder de Deus!

Então fica aqui a pergunta: Eles são atletas de qual Cristo? Posso te garantir que do meu não é!

Postado por pr.Silvio Hirota
Em 29/09/2010

“MALDITO O HOMEM QUE CONFIA NO HOMEM”

(Google Imagens)

A Bíblia é sábia, porque é a Palavra de Deus!

Ela afirma, que o homem na sua “sapiência”, “sabedoria”, “arrogância” “prepotência”, etc, pensa que sabe tudo e pode tudo, chegando quase a se considerar um “semi-deus”!

Esta Copa do Mundo tem mostrado justamente o contrário! Os arrogantes, intransigentes, estão ficando para trás, e os símplices, pragmáticos, “calados” estão avançando…

Mais uma vez confiaram em homens que “poderiam resolver”, e no final das contas falharam, ou melhor, subestimaram os oponentes e sufragaram.

Assim, continua a história do homem! Ao invés de confiar em Deus, confiam na sua sabedoria, capacidade, conhecimento etc. e, sabemos qual será o fim deles!

Mais do que nunca, esta é a hora de parar, refletir e repensar! É melhor confiar Naquele que pode todas as coisas pois tem Todo o Poder (Onipotente); conhece todas as coisas (Onisciente) e está em todos os lugares (Onipresente).

Publicado por Pr.Silvio Hirota,
em 03/07/2010.
 

(Google Imagens)

TUDO TEM O SEU TEMPO DEBAIXO DO SOL!

(Google Imagens)

O Sábio Salomão escreveu Há alguns milênios,

Tudo tem seu tempo certo…

E sabe que ele tinha razão?

Porque os anos se passaram

E a história continua a mesma então!

Às vezes sou pego pensando,

Podemos a história mudar.

Sabendo que ela é cíclica

E assim irá continuar?

Então chego à seguinte conclusão:

Como homem não mudarei nada

E nada será mudado então!

Porque quem governa o mundo sabe,

que o mundo não tem solução!

Não porque Ele não queira,

Mas sim porque homem é só razão!

Nunca dá oportunidade,

Do Supremo entrar em ação!

E assim vão passando os anos,

Meses, dias, estações

E eu vou feliz vivendo minha vida

Dentro das minhas limitações

Mas tendo a certeza sempre

De que minha existência não é em vão!

Postado por Silvio Hirota
em 29/06/2010

“E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ” (Jesus Cristo)

“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará!”  E o que vem a ser verdade?

As palavras citadas acima são de Jesus! E, esta verdade só pode ser entendida e compreendida à luz da Pessoa de Jesus Cristo! Esta expressão “verdade”, parece-nos uma utopia nos dias de hoje!

Segundo o dicionário, “verdade” é a qualidade pela qual as coisas se apresentam como realmente são: veracidade, autenticidade, exatidão, representação fiel, etc.

Vemos grassar a inverdade, a falsidade, a maledicência, os falsos idealismos! Ficamos nos perguntando, se a palavra palavra “verdade” ainda tem algum sentido para a maioria das pessoas? Vivemos em um país onde “o importante é levar vantagem”, independentemente dos meios pelos quais a vantagem pretendida foi alcançada.

Observamos no campo social, nas empresas, nas Instituições Religiosas etc. Jesus disse, que era preciso conhecer a verdade!

O que significa conhecer? Vamos novamente ao dicionário, onde encontramos os seguintes significados: saber, estar convicto de, reconhecer, ter relações com, etc. Pelo fato de não se “conhecer” não “ter convicção”, ou simplesmente ignorar o significado da verdade, é que a sociedade está chafurdada num lamançal sem fim!

Instituiçõe falidas, pessoas desacreditadas, desonestidade grassando em todos os meios e por todos os meios! Ficamos as vezes a pensar: “Tenho vergonha de ser brasileiro!” Mas, ao olharmos no sentido vertical e não mais horizontal, percebemos que ainda vale a pena ser verdadeiro, falar e viver a verdade. Isto porque, se quem nos disse foi Jesus, e Ele realmente foi um vencedor, então, sejamos livres, ao conhecermos a Verdade que é Jesus, e esta verdade nos levará em triunfo!

Postado por Pr.Silvio Hirota,
em 07/06/2010.

“VAMOS ESCREVER UMA NOVA HISTÓRIA”

 “SE QUEREMOS PROGREDIR, NÃO DEVEMOS REPETIR A HISTÓRIA, MAS FAZER UMA NOVA!” (Ghandi)

Este pensamento escrito por Ghandi, tornou-se célebre quando foi escrito e se reflete até os nossos dias.  A sociedade do tempo em que foi escrita, foi impactada com essas palavras e até para nós hoje, ainda tem o seu efeito! Nós brasileiros reclamamos continuamente  dos nossos governantes, porém, nos esquecemos que fomos nós que os colocamos lá!

Cabe a nós, nessas próximas eleições escolhermos melhor os nossos candidatos! É preciso que façamos uma pesquisa, no sentido de observarmos o caráter, a idoneidade, personalidade e também seus reais projetos em prol da população; que não sejam projetos “populistas” ou apenas “eleitoreiros”, como temos visto constantemente!

É preciso votarmos com consciência, independente de Legenda ou de Partido. É necessário pararmos uma pouco para refletir sobre o que queremos para o futuro da nossa Nação! Não podemos continuar na mesmice da mediocridade!

Não podemos generalizar e dizer que ninguém merece nosso voto; podemos sim, escolher dentre os candidatos que se apresentarem os que possuírem um passado comprometido com a verdade e a ética.

Não vamos repetir a história; com nosso voto poderemos escrever uma nova história!

Postado em 14/05/2010,
por Sílvio Hirota