Arquivo

Posts Tagged ‘língua’

O EXERCICIO DA PACIÊNCIA!

 

(Imagens Google)

Vivemos tempos difíceis, os quais, diariamente precisamos exercitar a paciência. Segundo o livro de Gálatas 5, ela é fruto do Espírito Santo na vida dos cristãos. Porém, encontramos em toda a sociedade, dentro e fora da Igreja, pessoas treinadas pelo diabo para tentar tirar a nossa paz! São pessoas que a meu ver tem o dom da “língua comprida”. Com tal “dom”, ferem, magoam, machucam, e uma boa parte deles se dizem “cristãos praticantes”.

O texto de Gálatas diz que devemos ter paciência excessiva. Agora, meus queridos, com algumas pessoas que conhecemos, podemos afirmar que a nossa paciência esgotou-se hà muito tempo. Então o que fazer? Perdoar quantas vezes forem necessárias, colocá-las nas mãos de Deus, para que Ele haja com justiça, ou como disse o apóstolo Paulo em I Corintios 5.11: “MAS AGORA ESTOU LHES ESCREVENDO QUE NÃO DEVEM ASSOCIAR-SE COM QUALQUER QUE, DIZENDO-SE IRMÃO, SEJA IMORAL, AVARENTO, IDÓLATRA, CALUNIADOR, ALCOÓLATRA OU LADRÃO. COM TAIS PESSOAS VOCÊS NEM DEVEM COMER”. Mesmo porque, a justiça de Deus impedirá, que esta pessoa continue praticando o mal, sem que seja punida. Muitos cristãos, estão sempre mencionando o adultério como “pecado capital”, porém, há pessoas que com suas línguas e ou atitudes, matam mais do que o câncer!

Mas, dentro do possível, segundo disse Jesus, devemos perdoar quantas vezes forem necessárias, porém, como disse anteriormente, os olhos de Deus então sobre toda a terra, sobre justos e injustos. Isto significa, que ao perdoar, ou exercitar paciência em todos os casos que surgirem, eu estou passando a responsabilidade para o ofensor. É ai que a coisa pega, porque “horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”. Deus não deixará a pessoa impune para sempre.

Aquele que constantemente ataca, difama, tenta de todas as formas destruir, ou dissimular o seu irmão, pagará um preço muito alto. Mesmo porque a Justiça de Deus é perfeita, portanto, infalível e drástica. Isto posto, cuidado com o que nós dizemos dos nossos irmãos; cuidado com o pré-julgamento, cuidado com a “maldita língua”, órgão tão pequeno, mas ligado diretamente ao inferno.

Portanto, meu amigo, meu irmão, se você esta passando por tal situação, ou seja, ter que exercitar paciência em função de pessoas, deixo aqui o meu conselho: “entregue tudo nas mãos de Deus! Se tiver que pedir misericórdia peça, agora, se tiver que pedir justiça, peça também, isto porque Deus é justo”.

Quero concluir este meu pensamento com o que muitas vezes tenho vontade de praticar, e creio que a partir da data desse artigo estou praticando, ou seja, “ENTREGUEM ESSE HOMEM A SATANÁS, PARA QUE O CORPO SEJA DESTRUÍDO, E SEU ESPÍRITO SEJA SALVO NO DIA DO SENHOR”! (I Conrintios: 5.5). Creio que este texto sirva não apenas para combater a imoralidade na Igreja, mas para todos aqueles que querem tirar a paz dos filhos de Deus.
Que Deus nos ajude!

Postado por Pr. Silvio Hirota
Em 18/04/2011
 

Anúncios

LÍNGUA: UM INSTRUMENTO LIGADO DIRETO AO INFERNO!

A Bíblia afirma que a pessoa que não tropeça nas palavras é sábio, e também, que a pessoa que emite um parecer ou mesmo sua opinião, sem saber exatamente o que a outra quis dizer, é maldade e vergonha!
Nos relacionamentos humanos, o que mais percebemos são pessoas tropeçando nas palavras em função da “maldita língua”.Com ela pessoas ferem, destroem e matam! Sonhos são mortos; projetos desmoronados; famílias destruídas; amizades destroçadas etc.

O ser humano precisa aprender a ouvir e responder de acordo com o que  exatamente ouviu. Gostaria de citar alguns exemplos que facilitariam a nossa comunicação, e deixariam muito menos sequelas nas relações:

1) O que eu disse….

2) O que eu penso que disse….

3) O que o outro ouviu….

4) O que o outro pensa que ouviu…

5) A resposta que é dada em função do que se ouviu…

6) A resposta que é dada em função do que a pessoa pensa que ouviu…

7) O feedback de quem recebeu a mensagem….

8) Como esta mensagem foi ouvida, compreendida, e a resposta dada em função do que foi entendido.

Como vimos acima, nem sempre estamos dispostos a ouvir a mensagem no todo, procurando compreendê-la, para então emitir um parecer. Parece-me que aqui reside o problema das comunicações humanas. Por isso que a língua segundo a Bíblia é um instrumento tão pequeno, mas que pode causar um verdadeiro “inferno”, na vida das pessoas.

Se quisermos ter uma boa comunicação, em primeiro lugar devemos ser bons ouvintes. Ouvirmos tudo, refletir sobre o que ouvimos, observar se realmente compreendemos o que ouvimos,  e a partir dai emitir nosso parecer.

Segundo, ser paciente para não responder sem termos ouvido toda a frase, sem compreender todo o conteúdo, porque senão, poderemos cometer equívocos, e talvez alguns danos irreparáveis!
Que Deus nos ajude na arte da comunicação!
Por Pr.Silvio Hirota

Em 10/02/2011