Arquivo

Archive for outubro \15\UTC 2013

Para refletir: Conflitos na relação: Pais/Adolescentes

1) Não entender que os filhos cresceram.
Não permitir tudo, mas que eles tenham experiências novas para a construção da sua identidade.
2) Minimizar as descobertas.
É preciso respeitar o momento do filho, sem impor o modo de pensar dos pais. Os pais dizem que sabem o que eles estão passando porque já passaram por isso. Mas os temos mudaram e os filhos também!
3) Não saber como controlá-los.
Muito embora não gostem de dar satisfações, precisam ser tratados com respeito. Os pais que julgam acabam criando bloqueios emocionais.
Deixar que o adolescente fale sem ser julgado é importante. A comunicação é via de mão dupla.
4) Exagerar nas cobranças.
Os pais não podem e não devem se projetar nos filhos. Devem desejar o melhor para eles, mas sem cobranças exageradas. As cobranças tem que vir acompanhadas de carinho, afeto, amor, companheirismo etc. Filhos não se compram com coisas.
5) Não saber dar liberdade.
Nem laissez faire (deixar à vontade), e nem ditadura.
Parâmetros são bem-vindos dentro razoável. Ex: Deixar dormir na casa do colega, chegar em casa mais tarde etc.
6) Demonstrar falta de confiança.
Sentir que ele está seguro é diferente de vigiar. Investigar exageradamente não estimula a responsabilidade. Gera um clima de desconfiança, e as relações intimas são baseadas na confiança. Os especialistas dizem: “Diga para o seu filho que quer se assegurar que ele está bem e informe-se, mas não aja às escondidas”.
7) Desesperar-se nas crises.
É importante hierarquizar a gravidade dos problemas sem constranger os filhos.
Não se pode expor intimidades familiares, isso pode deixá-lo constrangido. E, nem tampouco, precisa haver uma hierarquia imposta. Ex: “Enquanto estiver sobre o meu teto, aqui quem manda sou eu”.
8)Colocar seu filho em um altar.
Pensar que ninguém está a altura dele. Colocar defeitos em amigos, namoradas etc., Eles começam a esconder amigos e namoradas (os), dos pais, preferindo ficar mais na rua do que em casa.
9) Fazer chantagens.
Ameaçar cortar mesada, internet, televisão, passeios etc.
Os motivos devem ser explicados. Eles podem ser e devem ser corrigidos, mas saberem porquê estão sendo! A ameaça faz com que ele obedeça somente para não perder o benefício.pais_e_filhos

Categorias:Mensagem

Ética cristã ou alternativa ética!

Temos hoje em dia, muitas alternativas éticas, cada uma delas mais relativa e pluralista na visão do ser humano de forma holística. Para uns, o que vale é o aqui e agora! “Comamos e bebamos que amanhã morreremos!”. Todas elas são voltadas para o homem e seu valor. Aquelas que favorecem escolhas e decisões, sempre colocando o homem no centro de todas as coisas!
Um dos expoentes do Existencialismo, Paul Sartre afirmou: “O mundo é absurdo e ridículo. Tentamos nos autenticar por um ato da vontade em qualquer direção”. O fins justificam os meios. Aldous Huxley, por exemplo, defendeu o uso de drogas, já que as mesmas produziam experiências acima da percepção normal. Da mesmo forma, pode-se defender o adultério, como qualquer outra opção sexual, tudo é válido!
Um exemplo: Um homem que não é feliz em seu casamento e tem um romance com outra mulher com quem se sente bem, geralmente recebe a compreensão e a tolerância da sociedade! Vamos sonegar impostos… o governo é corrupto mesmo!!! “Dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus”, dia a Bíblia.
Nós que somos cristãos temos uma Ética a seguir, e esta Ética é absoluta, nunca relativa! O relativismo tem levado os cristãos a cometerem grandes absurdos em nome da felicidade e bem estar pessoal.
Temos que ter um sistema de valores centrados na Palavra de Deus, e Dela jamais abrirmos mão! Não importa o preço a ser pago. O que importa não é o aqui e agora, mas o amanhã, quando tivermos que comparecer diante de Deus!
Nada deve ser suficientemente atraente, forte, a tal ponto de tirar de nós a essência daquilo que cremos e em quem cremos!

Postado por Pr.Silvio Hirota em 13/10/2013casal-de-idosos-brincando-2c97e

Categorias:Mensagem

Poema: Ser criança!

k0355911Ser criança é sonhar,
Viver com alegria,
Sem qualquer preocupação,
Com o amanhã que há de chegar!
É brincar descontraída,
Sabendo ou não as regras,
O que importa mesmo,
É estar com os colegas!
Ter medo de muita coisa,
Pesadelos ao sonhar,
Mas cedinho quando acorda,
Tem a mamãe para abraçar!
Ser pura, sem malícia,
Com referência ao que vê,
Não tem ainda a ideia,
Nem pode as coisas bem descrever!
Sorriem com facilidade,
Das coisas que os satisfaz,
Mesmo que estas coisas,
Sejam sempre as mais banais!
Pena que um dia crescem,
E aprendem o que é ser,
Um adulto complicado,
Na sua forma de proceder!
Mas isto faz parte da vida,
Por isso vamos deixar então,
Que elas vivam o tudo agora,
Porque mais tarde tudo será diferente, então!
Postado por Pr.Silvio Hirota, 12/10/2013

Categorias:Mensagem