Arquivo

Posts Tagged ‘show gospel’

LOUVOR A DEUS OU SHOW GOSPEL?

Hoje em dia, em alguns templos, muitas vezes temos dificuldades de identificar se o que está sendo celebrado é um Culto de Louvor a Deus ou simplesmente um Show.

Várias igrejas estão perdendo sua identidade e passando a ser conhecidas como a “igreja do Pastor fulano”, “igreja do cantor sicrano”, “a igreja do jogador beltrano” etc. Em algumas Igrejas, as pessoas são tratadas em função de seu “status”, ou seja, valor do “Dízimo”, ou “Doações”!..

Alguns freqüentam essas igrejas porque lá congregam atrizes, atores, jogadores de futebol, sendo que estes últimos, no calor das partidas proferem palavrões, quando a Bíblia recomenda que “nenhuma palavra torpe saia da nossa boca”! Inclusive, alguns artistas que a mídia mostra que tem vida totalmente descomprometida com o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo, afirmam categoricamente: “Sou evangélico!”

Já existem Fã Clubes para evangélicos (fã, redução de fanático, do latim fanus, templo, em referência aos adoradores da deusa Cibele) e bloco carnavalesco evangélico. Nunca ouvi, ou li, uma estatística que mostrasse o resultado dos trabalhos de evangelização feitos no “Sambódromo”! Pedem-se autógrafos, e a tietagem é explícita entre os admiradores das “estrelas evangélicas”.

Atualmente, o cantor evangélico ganha Disco de Ouro, e participa de grandes festivais. Há algum tempo foi realizado o Troféu Talento, considerado o Grammy da música evangélica, cujo objetivo era premiar os “melhores” do “show gospel”. Muitos desses festivais possuem efeitos especiais, e são realizados em casas de shows de altíssimo nível; em muitos casos há até cobrança de ingressos.

Os cachês de alguns desses irmãos cantores são excessivamente elevados, e muitos não cantam, se não houver o tal cachê; aliás, só cantam se receberem o cachê antecipadamente, além da exigência de um auditório bastante expressivo!

Para muitos empresários do ramo, esses cantores são “máquinas de fazer dinheiro”, e os evangélicos de um modo geral, nada mais são do que potenciais consumidores. Sem mencionar o vergonhoso “jabá” que os cantores são obrigados a pagar, para poderem gravar qualquer cd ou dvd!

Que diremos diante destes fatos? E como fica a leitura do Sl 100. “Celebrai ao Senhor com alegria”? Se não houver pagamento eu não celebro! E onde fica a alegria em celebrar?

Que Deus nos ajude, porque estamos caminhando para o final de tudo!

Postado por Pr.Silvio Hirota,
em 22/07/2010

Anúncios