Início > Mensagem > ENTRE ENCONTROS E DESENCONTROS!

ENTRE ENCONTROS E DESENCONTROS!

Todos os dias temos a difícil tarefa de lidar com amarguras, bloqueios emocionais, tristezas, relacionadas à atitudes de pessoas! Um dos maiores desafios na manutenção de nossa saúde física, emocional e espiritual reside na forma como lidamos com os ressentimentos gerados pelos desencontros em nossas relações interpessoais. Em algum momento da nossa trajetória, todos nós, nos deparamos com a difícil tarefa de lidar com as amarguras em relação às atitudes e palavras de pessoas que, consciente ou inconscientemente, nos feriram ou decepcionaram.

No Evangelho de Mateus, Jesus inicia uma sessão com a seguinte frase: “Se o seu irmão pecar contra você (…)”. Diante do que é colocado, Pedro pergunta: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar o meu irmão quando ele pecar contra mim?”Jesus responde de forma simbólica, dizendo que não deveria fazê-lo somente sete vezes, mas sim, “setenta vezes sete”, conforme Mateus 18.21-22.

Ficamos  pensando o que significa perdoar “setenta vezes sete”, e nos esquecemos que o fator principal está em liberar o perdão, independentemente de quantas vezes forem necessárias, e para quem quer que seja. Normalmente partimos do pressuposto de que estas pessoas a quem devemos perdoar são conhecidas, e não do tipo que encontramos na fila do metrô, ônibus, açougue etc… São pessoas com as quais compartilhamos continuamente, amigos, familiares, irmãos na fé etc. E, ao pensarmos nessas pessoas, somos levados à constatação de três grande problemas em nosso relacionamento diário.

O primeiro deles é que nossa maior dificuldade não é lidar com desencontros ocorridos com estranhos. São pessoas que nos são caras, valiosas, e quando a crise se instala a dor é grande!

O segundo deles diz respeito ao idealismo que criamos em torno dessas pessoas que nos são próximas. Criamos uma expectativa irreal, queremos, às vezes, nos projetar nelas, esquecendo-nos de que cada pessoa é unica em sua forma de pensar e agir.

O terceiro problema aponta para a forma como trabalhamos esses nossos relacionamentos. Sempre atribuímos maior valor à última atitude ou palavra da pessoa, sem levarmos em conta o crédito que tal pessoa já tenha conosco, acumulado em muitos anos de convivência. Ou seja, não importa o que foi construído com muito suor e sacrifício, agimos como se ele(a) fosse para nós um inimigo, e isto é totalmente nocivo.

Aprendemos com Jesus que: Deus amou, perdoou e deu Seu filho para morrer por nós, que antes éramos inimigos da cruz. Aprendemos também que, o perdão é uma decisão consciente, espontânea que brota dentro de nós. É uma decisão que tomamos de assumir prejuízos gerados pelo ofensor, abrindo mão de toda e qualquer cobrança.

Perdoar, não é como muitos dizem esquecer o que aconteceu, como se nada tivesse acontecido. Perdoar é lembrar do fato acontecido, sem que haja qualquer rancor, ódio, tristeza, mágoa em nossos corações!

Entre encontros de desencontros, aprendamos com Jesus a Arte de perdoar!

Anúncios
Categorias:Mensagem
  1. Robson Alessandro Marques
    13/11/2011 às 20:46

    Prezado Pastor Silvio,
    Que alegria vê-lo depois de tantos anos. Fui membro da Igreja batista Independente de sorocaba, há quase 20 anos atrás, quando então era adolescente, e conheci a Igreja por intermédio de minha avó Angelina.
    Fui baterista do grupo de Louvor, junto com a Débora Noemi, Marcos Vinícius, Eliezér, Marcelo, Mara, Gilson, etc e também do grupo Armagedon, que me lembro até hoje quando tocamos a primeira vez no culto e o sr. nos deu a maior força.
    Estou desde 1993 desviado e hoje, cada vez mais, necessito de me reencontrar com Deus.
    Gostaria muito de conversar com o Sr. através de seu e-mail.
    Um forte abraço,
    Robson

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: