Início > Mensagem > A BÍBLIA E O HALLOWEEN! (Ef. 6.12; Dt. 18.10,11,14

A BÍBLIA E O HALLOWEEN! (Ef. 6.12; Dt. 18.10,11,14

(Imagens Google)

INTRODUÇÃO:

No dia 31 de outubro muitas pessoas irão participar de festas de “Halloween”, popularmente chamado no Brasil, de “Dia das Bruxas”. Mas essa festa aparentemente inocente tem estreita ligação com práticas ocultistas, mesmo que muitos não percebam isso.

Sua origem data de tempos antigos, quando os druidas (magos de origem celta) realizavam cerimônias de adoração ao “deus da morte” ou ao “senhor da morte” em 31 de outubro. Isso acontecia na cerimônia “Samhain” durante o festival de inverno, na qual eram oferecidos sacrifícios humanos. Essa prática ancestral foi sofrendo alterações com o passar do tempo.

O calendário da bruxaria resume-se no relacionamento da “Grande Deusa” (representada pela Lua e que nunca morre) com seu filho, o “Deus Chifrudo” (representado pelo Sol e que a cada ano nasce no dia 22 de dezembro e morre no dia 31 de outubro).

Na roda do ano wicca (bruxaria moderna), o dia 31 de outubro é o grande sabá (festa) de Souen. Nessa época tudo já floresceu e está perecendo ou adormecendo (no Hemisfério Norte): “O sol se debilita e o deus está à morte. Oportunamente, chega o ano novo da wicca, corporificando a fé de que toda morte traz o renascimento através da deusa.”

O que é (Souen)? É uma palavra de origem celta para designar “O Senhor da Morte”. Os celtas dedicavam esse último dia de outubro para celebrar a “Festa dos Mortos”.

Nos Estados Unidos essa festa é muito comum e tem forte apelo comercial, sendo também tema de vários filmes de horror. A imagem de crianças vestidas com fantasias “engraçadinhas” de bruxas, fantasmas e duendes, pedindo por doces e dizendo “gostosuras ou travessuras”. Há algum tempo, o Brasil tem se deixado influenciar por muitos aspectos que não fazem parte de sua cultura e tem celebrado essa festa em escolas, clubes e até em shopping centers.

1) O HALLOWEEN, E AS PRÁTICAS OCULTISTAS MODERNAS.
Mesmo que hoje em dia Halloween seja comemorado de uma maneira inocente por muitos jovens, ele é levado a sério pela maioria das bruxas, membros do movimentos neo-pagãos e ocultistas em geral.

No Halloween se cria (e ainda á assim em certos lugares) que seguir um ritual em particular pode fazer com que a imagem do seu futuro cônjuge apareça atrás de você: “Muitas crenças surgiram sobre como invocar a imagem do futuro esposo ou esposa de alguém. As garotas criam que caso alguém ficasse diante do espelho, comendo uma maçã, à meia-noite, a imagem de seu futuro esposo apareceria de repente diante dela. Se nenhuma imagem aparecesse, isso significava que a garota ficaria solteirona”.

No sul dos Estados Unidos há um costume baseado na crença dos druidas de que o desespero de uma vítima de sacrifício humano podia revelar previsões para o futuro. “Punha-se fogo numa tigela com álcool, e atirava-se no fogo ‘oferendas’ tais como figos, cascas de laranja, passas, castanhas e tâmaras envoltas em papel alumínio. A garota que tirasse a melhor das oferendas do meio do fogo iria conhecer seu futuro esposo dentro de um ano”.

Na bruxaria moderna o Halloween também é considerado uma noite especial. Um livro conhecido sobre o movimento neo-pagão relata o seguinte sobre esses dias importantes de celebração da bruxaria.
Muitos grupos satânicos também consideram o Halloween uma noite especial, em parte porque ele “tornou-se o único dia do ano em que se acredita que o diabo possa ser invocado para revelar os futuros casamentos, problemas de saúde, morte, colheitas e o que acontecerá no próximo ano”.

Na verdade a bruxaria e o satanismo têm certas semelhanças. Mesmo que sejam coisas distintas, e mesmo que se dê legitimidade às declarações do movimento neo-pagão que desdenha o satanismo, devemos lembrar o claro ensino bíblico de que o diabo é a fonte de poder por trás da bruxaria e de todas as formas de ocultismo.

Além disso tudo, o costume de pedir balas e doces fantasiados de bruxas, vampiros, fantasmas, etc., que é comum nessa festa, está relacionado com os espíritos dos mortos na tradição pagã e até católica. Por exemplo, para os antigos druidas “os espíritos que se acreditava andarem de casa em casa eram recepcionados com uma mesa farta para um banquete. No final da refeição, os habitantes da cidade fantasiados e com máscaras representando as almas dos mortos iam em procissão até os limites da cidade para guiar os fantasmas para fora”.

2) PRINCÍPIOS BÍBLICOS QUE DEVEM SER USADOS PARA COMBATER ESTA HERESIA.
As Escrituras nos dizem que o homem espiritual julga todas as coisas e que no futuro irá também julgar os anjos. Então somos competentes o suficiente para julgar assuntos triviais agora (1Co 2.15; 6.3). Se julgarmos todas as coisas e retermos o que é bom, abstendo-nos de toda forma de mal, estaremos cumprindo com nossa obrigação (1Ts 5.21,22). Então vamos examinar esse assunto para chegarmos a uma posição bíblica sobre o Halloween.

Se na celebração de Halloween existem atividades envolvendo práticas genuinamente ocultistas, as Escrituras são claras em afirmar que devem ser evitadas. Tanto o Antigo como o Novo Testamento fazem referência às práticas de bruxaria, encantamentos, espiritismo, contatos com os mortos, adivinhações e assim por diante – e todas essas coisas estão potencialmente ligadas ao Halloween.

LEVÍTICO 19.31 “Não vos voltareis para os necromantes, nem para os adivinhos; não os procureis para serdes contaminados por eles. Eu sou o SENHOR, vosso Deus”

DEUTERONÔMIO 18.10,11,14 “Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; … porque estas nações que hás de possuir ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o SENHOR, teu Deus, não permitiu tal coisa”

2º CRONICAS 33.6 “[Rei Manassés de Judá] queimou seus filhos como oferta no vale do filho de Hinom, adivinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçarias, tratava com necromantes e feiticeiros e prosseguiu em fazer o que era mau perante o SENHOR, para o provocar à ira”

3) PRINCIPAIS SÍMBOLOS
“The Jack O’Lantern” (A Lanterna de Jack)
Esse é o nome daquela abóbora (jerimum, no Norte e Nordeste) esculpida com uma face demoníaca e iluminada por dentro.
Conta-se uma história de que Jack era um irlandês, todo errado, que gostava de aprontar com todo mundo e chegou a enganar até o próprio Satanás. Quando Jack morreu, não foi permitida sua entrada no céu, nem no inferno. Satanás jogou para ele uma vela para iluminar seu caminho pela terra. Jack acendeu a vela e a colocou dentro de um nabo, fazendo uma lanterna para si.
Quando os irlandeses chegaram aos Estados Unidos, encontram uma carência de nabos e uma abundância de abóboras. Para manter a tradição durante o Halloween, passaram a utilizar abóboras no lugar de nabos.
“Apple-ducking [bobbing for apples]” (maçãs boiando)

Esse é o nome de um ritual que foi incorporado às celebrações de Halloween depois que os celtas foram dominados pelos romanos. É uma homenagem a Pomona, a deusa dos frutos e das árvores, que era louvada na época da colheita (novembro). Os antigos geralmente a desenhavam sentada em uma cesta com frutos e flores. A maçã era uma fruta sagrada para a deusa.
Maçãs ficavam boiando em um barril com água, enquanto as pessoas mergulhavam seu rosto nela tentando segurá-las com os dentes. Depois faziam adivinhações sobre o futuro, com base no formato da mordida.
“Trick or Treat” (Travessura ou Trato)

Alguém relatou: Dos 15 aos 19 anos de idade vivi nos estados de Indiana e do Tennessee vendo a mesma cena se repetir várias vezes na noite de 31 de outubro. Crianças da vizinhança, fantasiadas de vários monstros, batiam à porta e, ao abrirmos, elas nos indagavam: – “Trick or Treat?”.

Se respondêssemos “trick!”, elas iniciavam uma série de travessuras como sujar a grama em frente da casa com papéis e lixo, jogar ovos no terraço, além de saírem gritando ofensas ingênuas. Respondendo “treat!”, nós lhes dávamos alguns confeitos e elas saíam contentes e felizes em direção à próxima casa.

O que não sabíamos naquela ocasião, mas sei agora, é que aquelas criancinhas simbolizavam os espíritos dos mortos que supostamente vagueavam naquela noite procurando realizar maldades (travessuras) ou em busca de bom acolhimento (bons tratos). Os celtas deixavam comidas do lado de fora das casas para agradar os espíritos que passavam. Ao recebermos aquelas criancinhas ingênuas nas nossas casas, estávamos simbolicamente realizando negociatas com principados e potestades do mundo tenebroso, da mesma forma que os celtas faziam na Antigüidade.

CONCLUSÃO:
ISAIAS 8.19-20 “QUANDO DISSEREM A VOCÊS: “PROCUREM UM MÉDIUM OU ALGUÉM QUE CONSULTE OS ESPÍRITOS E MURMURE ENCANTAMENTOS, POIS TODOS RECORREM A SEUS DEUSES E AOS MORTOS EM FAVOR DO VIVOS”,

RESPONDAM: “À LEI E AOS MANDAMENTOS!” SE ELES NÃO FALAREM CONFORME ESTA PALAVRA, VOCÊS JAMAIS VERÃO A LUZ!”
ESTAMOS VIVENDO TEMPOS DIFÍCEIS E QUE SATANÁS, SE TRANSFORMA EM ANJO DE LUZ, PARA SEDUZIR A TODOS, ESPECIALMENTE OS CRISTÃOS. FIQUEMOS FIRMADOS NA PALAVRA E NÃO CEDAMOS A QUALQUER TIPO DE PERVERSÃO COLETIVA, QUE EM NOME DE QUE TUDO NÃO PASSA DE UMA BRINCADEIRA, ESTÃO SEDUZINDO OS NOSSOS FILHOS, ATRAVÉS DE MENTES DEMONIZADAS.

Por Pr. Silvio Hirota,
Em 21/10/2010

 

Anúncios
Categorias:Mensagem
  1. 31/10/2014 às 17:26

    Gostaria se tem alguém a fim de ajudar projetocrcv…significa Cristo …Resgatando …Crianças….Violências…é só procurar no facebook projetocrcv..o então pelo ..www.projetocrcv.com.br

  2. 01/10/2014 às 08:36

    gostaria de postar no face como faço?

  3. 29/10/2010 às 00:37

    Paz Pr Silvio…
    Estava a procura de msg sobre o Halloween, e a sua me acrescentou ,muito. Tomei a liberdade de posta-la em meu blog, com um link para seu blog!
    Deus abencoe, Karin

  4. 26/10/2010 às 10:28

    Nossa! Quanta informação interessante! Quer dizer então que uma celebração divertida, realizada por muitas crianças, tem por trás toda essa carga de energia?
    Eu nunca comemorei e nem brinquei… não me apetece. Mas vejo crianças que adoram as “travessuras” e os doces dessa comemoração!
    Jackie

  1. 16/01/2011 às 13:17

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: