Início > Mensagem > ANALOGIA ENTRE: DEUS/PAI E O PAI, FILHO DE DEUS!

ANALOGIA ENTRE: DEUS/PAI E O PAI, FILHO DE DEUS!

Se afirmarmos que tudo começou com um Deus-Pai, criador, amoroso, conservador, perdoador, conselheiro etc., então podemos afirmar que todos nós precisamos de um pai!

Faremos uma analogia entre o Deus-Pai e o Pai-filho de Deus!

Deus-Pai

Criador e sustentador do universo que deu à raça humana a revelação de si mesmo através do mundo natural e através de seu Filho, Jesus Cristo.

Apesar de não podermos compreender Deus completamente, ainda assim, podemos conhecê-lo, através de um relacionamento pessoal de fé e do estudo sobre sua natureza por meio da Bíblia.

Pai-filho

Supridor do seu lar, em todas as necessidades possíveis!

Precisa ter um relacionamento pessoal com os filhos (investir tempo)

Nem sempre compreendido em sua maneira de ser, mas que deve esforçar-se sempre!

Deus-Pai

Imutável: Ele não muda nunca, porque é perfeito! Ele não muda de acordo com o momento e o tempo.

Pai-filho

Por não ser perfeito sofre de instabilidades, que podem ser supridas, compreendidas e trabalhadas.

Porém, deve aprender a controlar a sua raiva, seu mau humor, impaciência etc.

Deve exercitar paciência sempre que for necessário.

Deus-Pai

Onipotente: Tem poder ilimitado! Só Ele pode impor limites a si mesmo.

A palavra impossível não existe no vocabulário de Deus. Ele cria e sustenta todas as coisas; no entanto, nunca se cansa (Is. 40.27-31) “ele não se cansa nem fica exausto”

Pai-filho

A palavra impossível é uma das mais comuns no pai.

Precisa estar mais presente para impor limites aos filhos.

Os filhos são mais importantes que sua profissão.

Está sempre cansado porque os afazeres do dia o requerem, mas não deve ser desculpa constante!

Deus-Pai

Onisciente: Ele possui todo o conhecimento. (Jó. 37.16) “você sabe como ficam suspensas as nuvens; essas maravilhas daquele que tem perfeito conhecimento?”

Conhece os pensamentos e intenções dos corações!

Pai-filho

Não conhece por onisciência, mas sim por convivência!

Ele se atualiza para saber quais são as necessidades de seus filhos.

Deus-Pai

Onipresente: Ele está em todos os lugares ao mesmo tempo. Passado, presente e futuro são conhecidos por Ele de forma igual. Assim, Deus não pertence a uma nação ou geração. Ele é o Deus de toda a terra.

Pai-filho

Filhos não podem ser esquecidos ou desamparados

Deus-Pai

Eterno: O tempo é semelhante a um desfile em que os seres humanos visualizam apenas um segmento por vez, mas Deus vê o tempo em sua integridade.

Ap. 1.8 “eu sou o alfa e o ômega” diz o Senhor Deus, “o que é, o que era e o que há de vir, o todo-poderoso”

Pai-filho

Por viver uma só vez na terra, precisa estar atento para investir  em seus filhos, tempo com qualidade para com eles!

Deus- Pai

Deus é verdade: Toda verdade, seja natural, física, ou religiosa, fundamenta-se em Deus. Qualquer ensino aparentemente incompatível entre as ciências natural e física a respeito, é mais aparência do que realidade.

Pai-filho

A bíblia recomenda: “falai a verdade uns aos outros”

Os pais precisam falar a verdade com seus filhos.

Mesmo que a principio sejam doloridas, mais tarde compreenderão.

Filhos precisam de limites.

Pais não podem mentir.

Deus-Pai

Deus é sabedoria: Isto se revela quando Deus faz o melhor, da melhor forma, no melhor momento e para a melhor finalidade.

Estamos aprendendo sobre Deus e iremos aprender, e o aprendizado completo será na presença de Deus.

I Tm. 1.17 “ao rei eterno, o Deus único, imortal e invisível, sejam honra e glória para todo o sempre. Amém.”

Pai-filho

Sabedoria para disciplinar.

Nunca disciplinar em momentos de raiva.

Nunca disciplinar na frente dos outros.

Não provocar a ira.

Deus-Pai

Deus é retidão: A retidão refere-se à sua afirmação do que é certo em oposição ao que é errado. Ele administra todas as coisas com justiça. Por isso, precisa punir o desobediente.

Gn 18.32- “Então Abraão disse ainda: “não te ires, Senhor, mas permite-me falar só mais uma vez. E se apenas dez; forem encontrados? Ele respondeu: por amor aos dez não a destruirei.” (nota: começou com 50 justos!)

Pai-filho

Algumas pessoas tem conhecimento, mas poucos sabedoria; muitos sábios, por vezes, tem pouco conhecimento.

Testemunho coerente; exemplo constante; verdade sempre.

Sabedoria para orientar os filhos em todos os sentidos.

Disciplina coerente e sempre que necessário.

Deus-Pai

Deus é amor: É a natureza essencial, doadora de Deus.

O seu amor busca despertar nas pessoas uma resposta, pelo fato dele haver dado a si mesmo, e tudo que lhe pertence ao ser humano, a fim de receber uma resposta e ganhá-los para si.

Pai-filho

Amar aos filhos significa:

Cuidar deles sempre. Protegê-los. Dizer: eu te amo!

Deus-Pai

Deus é Santo: A palavra “Santo” origina-se de uma raiz que significa “separado”. Ou seja, ele é separado ou exaltado dentre todas as coisas. Refere-se à excelência moral de Deus. Ele exige e provê ao homem, porque a santidade é um dom de Deus.

Pai-filho

Filhos precisam de pais-exemplo:

Que ore. Que leia a Bíblia. Que nunca julgue os outros. Que trate bem sua esposa.

Conclusão:

A tarefa de ser pai é difícil, mas não impossível.

É preciso ensinar e aprender com eles.

É preciso compreender para sermos compreendidos.

É preciso amar incondicionalmente.

Por Pr. Silvio Hirota
Em: 08/08/2010

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: